Olá visitante!  Efectue o  Login ou Registe-se
  23.08.2014 -    
 
|
  google+ Twitter Facebook rss  

  Categoria:   Moedas, Notas e Medalhas     Moedas      Portuguesas    República ID do artigo: 45205  
  Recomendar negócio a um amigo | Enviar mensagem ao vendedor  



Recarregar página  
  X CENTAVOS 1967 (c10)

Preço : 0,12 EUR
 
 
  Preço de reserva : Não
Comprar Já :    

Termina dentro de : 6 dia(s), 04h:30m:35s
(30.ago.2014 - 00:35:02)
  Localidade : Portugal (Lagos)  
Envio : Envio tambem para fora de Portugal
Custos de envio: 

0,40 EUR 
 
  N.º de licitações : 0
       

   Descrição
Mostrar detalhes 

Mais Informações
 Início do leilão : 16/08/2014
 Termina : 30/08/2014
 Preço inícial : 0,12 EUR
Tipo de negócio : Leilão Standard
Pagamento :
Pagamento antecipado
 - Transferencia bancária
 
Mais detalhes
 Reportar abuso   |   Vigiar este negócio    
 
 

Informação do vendedor

 
 
AntonioJose (41)  
Utilizador particular
 
     
    Registo: Maio 07, 2012 - 14:20  
    País: Portugal  
    Língua(s) falada(s):   
   
  Feedback positivo: (100%)  
 
 
 
  Ver negócios activos

  Adicionar aos vendedorers preferidos


 
     
 
    Enviar mensagem ao vendedor  
 
 
     
    Imprimir página   Vigiar negócio     Reportar abuso
 





  Descrição O vendedor -AntonioJose- assume total responsabilidade pelo conteúdo deste negócio    

 Specificações - Detalhes
 


 
Condição :             CIRCULADA
Material :             Bronze

A moeda é a da foto.

  Envio e Pagamento    

  Condições de envio e retoma
 
Detalhes do envio e pagamento:  

Envio para:   Envio tambem para fora de Portugal

Condições de envio:   Comprador paga os custos de envio



Custos de envio (nacional):  0,40 EUR

Tipo de envio :  


Custos de envio
(internacional):  Entre em contacto para esclarecer as condições

  Forma de Pagamento aceite
 
 - Pagamento antecipado
 - Transferencia bancária

   



Este artigo foi visto 201 vezes
 
 


 Ir para a categoria -   Moedas, Notas e Medalhas     Moedas      Portuguesas    República  Voltar ao topo